Política


Mirem-se no exemplo desses Homens



Che Guevara e Fidel Castro depois da Revolução Cubana de 1959. Nesse momento ruíram as máfias norte-americanas, que adoravam comer caviar e fumar charutos cubanos, transformando mulheres afrodescendentes em prostitutas e miseráveis, com suas bacanais festivas.



HAVANA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi recebido nesta quarta-feira pelo ex-presidente cubano Fidel Castro, a quem classificou como um amigo de quem quis se despedir antes de deixar o poder, segundo uma fonte da delegação brasileira.
A Presidência da República divulgou fotos em que Fidel e Lula aparecem conversando ao lado de uma piscina. Em outra imagem, ambos aparecem sorrindo. Detalhes do encontro não foram revelados.
Fidel transferiu o poder a seu irmão Raúl em 2006, por razões de saúde, e não aparece em público desde então. Como em outras imagens publicadas nos últimos anos, ele parece atento, porém magro. Para receber Lula, vestia um conjunto esportivo cinza e branco.
Esta é a terceira visita oficial de Lula à ilha em dois anos, com o objetivo de salientar que a importância estratégia dessa relação bilateral será mantida após o seu mandato.
Antes do encontro com Fidel, Lula inaugurou as obras do porto de Mariel, 50 quilômetros a oeste de Havana, onde a construtora brasileira Odebrecht realiza uma modernização de estradas, ferrovias, cais e armazéns, num valor total de 450 milhões de dólares -- sendo 300 milhões liberados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Maior economia latino-americana, o Brasil é um importante sócio econômico de Cuba, embora o intercâmbio comercial tenha sido de apenas 330 milhões de dólares em 2009. Durante seu mandato, Lula aprovou créditos comerciais que encheram as lojas locais de produtos brasileiros, apesar das dificuldades financeiras da ilha.
Além disso, a Petrobras está prospectando petróleo em águas cubanas e concluiu estudos sísmicos no mês passado, mas ainda não anunciou quando fará perfurações.
Durante a visita de Lula, os dois países devem assinar acordos nas áreas de saúde, tecnologia e agricultura.
Lula chegou a Havana na noite de terça-feira, depois de participar no México da cúpula do Grupo do Rio. Na manhã de quinta-feira, ele embarca para o Haiti, onde avalia a destruição causada pelo terremoto de janeiro.
O presidente venezuelano, Hugo Chávez, principal aliado de Cuba, também decidiu visitar a ilha depois da cúpula no balneário mexicano de Playa del Carmen.

(Reportagem de Esteban Israel e Rosa Tania Valdés)

Comentário


O velho comendante Fidel na sua senioridade, junto ao pernambucano Lula da Silva, um proeminente líder político mundial (que os "esquerdista pragmáticos" daqui tem de engolir e votar na raça. Senão já sabe!) . O mundo hoje reconhece que ele está certo, mas se envergonha em dar as mãos à palmatória.


A maior reataliação política sofrida por um povo nos últimos 60 anos é a que os EUA impõem a Cuba. Que povo retado o cubano! Seguramente a "esquerda pramática " desta despolitizada jungla, que são aqueles que orquestram contra o governo do PT como se se desculpasse - e acreditássemos - de sua postura reacionária e estúpida (e que são compulsoriamente forçados a apoiar Dilma Roussef sob pena de sofrerem severas e esmagadoras sanções políticas, tomar tapa, pescoção, puxão na orelha e chute na bunda), dirão: "cuba é uma ilha de miseráveis, certo?" Errado. Cuba é um pais resistenteào imperialismo norte-americano, confinado pelos EUA numa ilha de 110.861 quilômetros quadrados, com 11,2 milhões de habitantes, que não tem esgotos a céu aberto, injustiças sociais gritantes, sem grandes proprietários de terras, com um eficiente sistema de saúde, sem percentuais de analfabetos vergonhosos.
Cuba diferencia de outros países apenas pela sua rejeição e resistência ao poderio norte-americano e ao seu modelo econômico imperialista, como já foi dito. Aliás, o mundo hoje se recusa ao modelo capitalista que vige no mundo, porque ele não deu certo. O neoliberalismo acabou! E é isso o que faz Lula uma referência política no mundo quando propõe um novo modelo econômico, dando especial atenção aos países e continentes pobres. O Brasil, através de Lula, denuncia ao mundo, se impõe enquanto uma potência econômica que é, no combate äs injustiças sociais, a exemplo do que assitimos no continente africano e nos países islâmicos. Pragmatismo de esquerda é isto. Isto é o PT. A esquerda continua esquerda dentro da realidade econômica "mundial do mundo todo", como diria decerto o excelentíssimo. Entendeu, pai? 

Comentários

  1. Anônimo13:21

    O Chile prova o contrário. Nem as esquerdas dali tiveram coragem de alterar os fundamentos econômicos liberais introduzidos por Pinochet. Este foi também um sociopata assassino, é verdade, mas matou menos que os sociopatas cubanos. Politicamente são todos desprezíveis ditadores e liberticidas (ditadores de esquerda não são melhores que ditadores de direita e vice-versa). Viva a democracia liberal !!!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo13:31

    E o governo do PT só deu certo na economia porque manteve os fundamentos que herdou dos governos anteriores, além de ter surfado durante todo o primeiro mandato e parte do segundo em uma economia internacional estável e progressista graças ao liberalismo predominante na economia global. E essa crise atual, ao contrário do que se diz, foi provocada pela venda de imóveis a quem não podia pagar, por determinação de uma lei editada no período Clinton (um Democrata). A própria China hoje cresce por ter adotado parcialmente o regime capitalista. Contra fatos não há argumentos

    ResponderExcluir
  3. Anônimo13:37

    Social-democracia até pode dar certo economicamente, apesar do seu alto custo, mas socialismo marxista, jamais (só dá certo para as lideranças que vivem como burgueses explorando o trabalho do povo em troca de migalhas). É pura teimosia ideológica. E, o que é ainda pior: com privação das liberdades individuais e muitas mortes vãs.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo13:45

    O ideal é uma democracia representativa que permita alternância de poder entre a direita (que é melhor em termos de produção) e a social-democracia (que é melhor distribuidora). É o que ocorre na Europa há muitos anos. E nos EUA. O resto é delírio ideológico.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo14:04

    Você já notou que o socialismo praticamente não cria nada de novo, não desenvolve novas tecnologias (salvo as militares e olhe lá) e apenas se apropria do que é desenvolvido pelo capitalismo? Socializar a economia é o mesmo que estagná-la. Veja o exemplo do Chávez, que está destruindo a economia venezuelana, apesar de todo o petróleo de que dispõe o seu país.

    A economia de mercado não é perfeita (como tudo) e tem muitas mazelas; porém,até agora não se inventou nada melhor.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo14:40

    Finalizando: e o embargo econômico dos EUA é só uma desculpa para a ineficência do sistema cubano e para a justificação da repressão à liberdade individual na ilha, pois Cuba mantém relações comerciais com boa parte da Europa, da América Latina, da Ásia e da África.

    Se os EUA extinguissem o embargo (já deveria tê-lo feito há muito), a situação da ilha seria a mesma. Esse discurso é puro engodo, assim como o da educação e da saúde que, diga-se de passagem, eram melhores no período do ditador anterior, Batista (pesquise). Educação não é doutrinação ideológica estatal; saúde não se resume a medicina preventiva. O próprio Fidel estaria morto se confiasse na medicina cubana (foi salvo por um médico espanhol).

    ResponderExcluir
  7. Anônimo15:45

    Essa visão sua de "mirrar-se" é uma orientação tacanha, do tipo o que não for assim censura-se - no tempo da ditadura, ou, atualmente, haja politicamente de forma correta. Isto é coisa de professor velho caindo de tonto do último pilegue que ingeriu.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo16:33

    Quem tem que se mirar em exemplos é voce Cacau. Vê se voce se mira nesse exemplo que manda a gente se mirar. Voce vai apoiar Marina, é contra Dilma - já postou seu nome lá, e agora fica tirando onda. Há tempos atrás recebia dinheiro de Pe Fernando prá dedurar os barbudos que apareciam em Cachoeira, vá se orientar primeiro, há e deixe de bebedeira e de bobeira, michou a grana da cerveja, já vimos voce tomando cachaça.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo23:27

    Parte do discurso da mãe do dissidente cubano Zapata Tamayo contra os tiranos cubanos, nos quais nenhum democrata de verdade deve se mirar:

    “Esta mãe diz: Raúl, Fidel, não me digam nada! Queria falar de frente com eles para dizer-lhes cínicos, descarados, mataram meu filho, o levaram até onde vocês queriam por sua postura contestadora, por seus princípios, por seu valor! O levaram até aí porém não importa, aqui resta sua mãe, aqui resta sua família que levarão a cabo sua luta pacífica pelos direitos humanos. A palavra de Zapata Tamayo era morrer pela liberdade e pela democracia do povo cubano e viver eternamente nela. Que descanse em paz, Orlando Zapata Tamaya!”

    ResponderExcluir
  10. Anônimo13:03

    Como o PT e aliados sabem que socialismo é furada, vão é implantar o fascismo: estado dirigindo e controlando empresas privadas parceiras.

    Fascismo de esquerda, que nem na China

    ResponderExcluir
  11. Anônimo23:00

    Lula adapta seus discursos às platéias; usa de dois pesos e duas medidas nos seus julgamentos; apóia as piores ditaduras do planeta; mente descaradamente quando lhe convém; está enlameando a imagem do país mundo afora.

    Sua máscara de democrata e esquerdista moderado está caindo. O mundo começa a rever o conceito que fazia dele.

    O Brasil acabará isolado e considerado um pária internacional se isso continuar com Dilma.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo14:43

    Não entendo por que a esquerda adora aplicar o adjetivo "reacionário" a quem da mesma diverge, como se fosse uma ofensa. Ora, ser reacionário é defender os valores mais elevados da civilização contra os bárbaros e incivilizados revolucionários. Chamar de "reacionário" é elogiar sem o saber. Adoro ser chamado de "reacionário".

    ResponderExcluir
  13. Anônimo15:44

    Implantar mais o que? Facismo? Vc é cega mulher ? A faça já está implantada na jungla e vc é quem bem sabe: Estamos lambendo na beira do prato...justamente no momento que reduziu o nosso salário patroa! Eu já estou pulando fora... porque em barca furada só dá naufrágio.

    ResponderExcluir

Postar um comentário