BAH, BABÃO!
A administração do prefeito Babão (isto é nome?!), de Muritiba, não deslanchou porque presumivelmente ele ainda não celebrou um conveniozinho com as FMs boas de parceria. Na ética da mídia da nossa jungla as coisas têm acontecido assim: é preciso injetar jetons para que inaugurações de meio-fio sejam alardeadas e malversações administrativas sejam abafadas. Com exceções, claro, porque nem todo dia é dia de caça.
Lembra, por exemplo, da primeira gestão de Ataliba, o prefeito maragojipano? Ele não liberou um tostão para convênio de "propaganda e marketing"! Aí as
Parceiras caíram de pau na sua gestão, e só se aquietaram quando seu opositor - aquele! - deixou de 'contribuir' com generosos reais para elas, as ditas Parceiras, e distribuir cervejadas para o público idiota local ligar do orelhão da esquina, de manhãzinha, para deitar a medeira no pobre ataliba. Como não funcionou a estratégia e o nego Ataliba mostrou eficiência administrativa petista, meteram rolhas no duodeno e se calaram de vez.
Agora o eficiente prefeito de Maragogó é o cara.

Comentários