O RETRATO DA ARROGÂNCIA!

A foto representa a postura infantil do prefeito do município de Cachoeira, o cidadão Fernando Antônio Pereira, conhecido como Tato. Tal infantilidade é uma forma de revidar às ações jurídicas e embargos de obras burras que o Ministério da Cultura, através do IPHAN, tem abertas contra sua pessoa e sua administração. O que o prefeito faz é demonstrar com gestos estúpidos e inadequados para um gestor público o seu desrespeito à sociedade cachoeirana. Ele demonstra ser uma pessoa mal educada e sem princípios ético-morais. Além disso, permitir monturos de lixos em frente ao mais antigo monumento cachoeirano e um dos mais antigos templos baianos é dizer de forma subjacente que ele, e por extensão a sua família, é o dono de Cachoeira. Não é, branco sujão.

Comentários