OPINIÃO DO LEIT@R


Cachoeira já calma.. deixou um novo comentário sobre a sua postagem "AS BORDOADAS DE LULA Ainda em resposta ao proseli...":
Rapaz, eu realmente estou impressionado com a sua produção textual, principalmente em relação à quantidade...Isso demonstra claramente que você não tem nada o que fazer da vida (que diga o bar do Curiaxito).Que deveria utilizar seu tempo para ajudar a nossa cidade da forma que ela merece. E que seu "ócio criativo" seja utilizado de forma melhor, por exemplo, dando aulas em instituições não-governamentais que trabalham com jovens. A fim de formar pessoas que conheçam melhor a história de nossa cidade, já que isso é o que você pode fazer de melhor..."Calma Cacau...."
Publicar este comentário. Recusar este comentário. Moderar comentários para este blog. Postado por Cachoeira já calma.. no blog Cacau Nascimento em 27 de Maio de 2009 04:50.
Minha Opinião
Caro leit@r. Em resposta à sua missiva, desejo esclarecer os seguintes pontos por você abordado:
1. Obrigado pelo elogio de minha "produção textual, principalmente a quantidade". Escrever é minha praia, nêg@.
2. Ô, filh@ de Deus, como é que você me diz há pouco que eu produzo muito e ao lado da frase, um milímetro de distância, você diz que "eu não tenho nada o que fazer da vida"? O que estou fazendo de minha vida é escrever, pai. Além de escrever muito, ler muito, trabalho oito horas por dia, de segunda a sexta-feira. Quer mais é, nêg@? Você queria que eu carregasse pedra, é?
3. O bar do Curiaxito não fala; quem fala sou eu quando peço uma coisa gelada para beber. Com um detalhe, quando você disse na sua outra mensagem que eu bebo nos quatro bares de Cachoeira e em quatro bancos de jardim, em todos os quatro bares eu pago com o dinheiro que ganho com meus escritos e do meu trabalho como professor, e não com dinheiro que tiro de quatro cofres públicos, nem de quatro mulheres, nem de quatro bofes. Em jardins eu costumo ler. Outro detalhe: Curiaxito se escreve Curiachito, palavra de origem indígena que significa "aqui moram os patinhos", que não sou eu.
4. Obrigado pelo "ócio criativo", coisa para filósofo. Mais um esclarecimento: segunda-feira vou viajar para Euclides da Cunha, onde vou ministrar uma oficina num Colóquio de Literatura no campi da UNEB de lá. Você sabia que eu fiz as oficinas de história do projeto de preparação de guias turísticos quilombolas do Iguape promovido pelo IBENS/Votorantin? Você sabia que eu e Lu de Salu escrevemos, justificamos e conseguimos incluir a igreja dos Nagôs no Programa Monumenta? Você pode não saber, mas Gilberto Gil sabe. Você sabe que eu presto consultoria para instituições oficiais ligadas ao Ministério da Cultura? Você sabia que a pesquisa histórica sobre o quarteirão Leitalves anexado ao projeto arquitetônico do IPHAN é de minha autoria? Sabia que escritos meus estão em projetos arquitetônicos do IPHAN e IPAC? Você sabia que vou ministrar curso de extensão sobre história e tradição do Recôncavo baiano na UFRB? Pô, c@r@ você só sabe de mim nos meus incorporais, ou seja, na hora em que estou comendo água?

Comentários